Terapia Ocupacional :

O desempenho cognitivo diminui a medida que as pessoas envelhecem, portanto o estimulo cognitivo (de memória, linguagem, atenção) melhora a capacidade de aprender e empregar estratégias.

A Terapia Ocupacional no enfoque gerontológico, tem como clientela, pacientes com envelhecimento normal ou idosos acometidos por alguma doença neurológica, como por exemplo, as Demências, do tipo Alzheimer, Fronto-temporal, doença de Parkinson, Acidente Vascular Cerebral (AVC).

O objetivo do tratamento é manter e fortalecer as capacidades funcionais, cognitivas e sociais do idoso, a fim de proporcionar a este idoso que realize as atividades de vida diária básica (alimentação, higiene pessoal, vestuário) e instrumentais (organizar as compras, fazer pagamento, lembrar de seus compromissos) com maior independência possível, de acordo com suas limitações.

O fato do paciente realizar atividades estimula-o a usar as capacidades remanescentes e ajuda-o a mantê-las, é um trabalho de manutenção e prevenção.